JuveBêdê

Abril de 2003

A edição de Abril de 2003 trouxe duas novidades: a primeira interna, que consistiu num passatempo com o apoio das Edições ASA, em que oferecemos 10 livros do Titeuf aos dez primeiros leitores que respondessem a uma questão. A segunda foi o 1.º BD Fórum que se realizou no Fórum Picoas e ao qual dedicámos uma página. Publicámos ainda um artigo sobre a investigação em BD no ano de 2002 e outro sobre Hergé, 20 anos depois da sua morte.

 

Vê Aqui: JuveBêDê Nº26

Dezembro de 2002

O destaque, como não podia deixar de ser, foi dado ao grande acontecimento que é sempre o Festival Internacional de BD da Amadora, neste ano na sua 13.ª edição, com o tema Odisseia e que alargou a sua área de actuação também para a animação, cartoon e ilustração. Realizámos também um artigo sobre a não realização do Salão Lisboa, para este passar a ser apenas uma mostra de Ilustração Portuguesa. Tal como nos últimos números, a banda desenhada esteve a cargo de Ricardo Ferrand e também a imagem de capa.

 

Vê Aqui: JuveBêDê Nº25

Agosto de 2002

A reentrada da ASA com a publicação de 20 novos títulos de BD, em pouco tempo, veio dar que falar. Esta edição do JuveBêDê está recheada de álbuns em destaque, muitas publicações em português e muitas novidades editoriais francesas. A banda desenhada é da autoria de Ricardo Ferrand, assim como a imagem de capa. Na Juve Galeria apresentamos Arlindo Fagundes e a última página é dedicada a uma exposição de banda desenhada patente em Madrid sobre o artista Antonio Hernández Palacios.

 

Vê Aqui: JuveBêDê Nº24

Abril de 2002

Muitas mudanças ditaram o início de 2002 no mundo da BD nacional. A Meribérica prestes a desaparecer, as grandes apostas da Devir, o nascimento da Booktree, a saída de João Paulo Cotrim da Bedeteca e a entrada da Maria José Pereira na ASA, foram as mais relevantes. Lá fora, o grande acontecimento era, como não podia deixar de ser, mais uma edição do Festival de Angoulême. Neste número do JuveBêdê, agora com 24 páginas, a banda desenhada esteve novamente a cargo de Ricardo Ferrand e a Juve Galeria apresentou uma ilustração de François Schuiten. A última página destacou ainda o regresso de Astérix e Obélix de carne e osso aos grandes ecrãs de cinema, com o filme “Missão Cleópatra”.

 

Vê Aqui: JuveBêDê Nº23

Dezembro de 2001

Tanto para falar, com quatro meses de distância, levou a que esta edição crescesse para 40 páginas, tendo como temas e artigos: o XI Salão Internacional de BD do Porto, o 12.º Festival Internacional de BD da Amadora, que neste ano mudou-se da mítica Fábrica da Cultura para a Escola Intercultural da Venda Nova, muitas novidades editoriais, novos álbuns portugueses e internacionais, uma banda desenhada de Ricardo Ferrand e uma ilustração de Pedro Massano na Juve Galeria.

 

Vê Aqui: JuveBêDê Nº22

Agosto de 2001

O grafismo do JuveBêdê sofreu novamente mudanças, ficando o design a cargo de Paulo Fernandes. Esta edição viu o seu tamanho aumentado para 36 páginas e teve como principal destaque uma homenagem a Morris, falecido na altura aos 77 anos de idade, com um artigo sobre a sua obra e sobre as suas personagens. Referência e reportagem do Salão Lisboa de Ilustração e Banda Desenhada 2001, ocupam também o seu espaço no JuveBêdê, assim como a Exposição de Luís Louro no CNBDI (Amadora) e uma história escrita e desenhada por Ricardo Ferrand.

 

Vê Aqui: JuveBêDê Nº21